Terminando as dicas do que fazer em Chicago, ai vão mais alguns passeios imperdíveis

Esculturas

Passeando pelo centro da cidade você encontra várias esculturas espalhadas e as principais são:

Pablo Picasso:

de 1966 construída em aço fica em frente ao Civic Center de Chicago, na Praça Daley. A escultura lembra um babuíno, mas Picasso nunca admitiu isso. Hoje é conhecida apenas como The Picasso.

Miró:

de 1981, inicialmente foi denominada de “O Sol, a Lua e uma Estrela”, hoje é denominada Chicago e fica também no Daley Center.

Flamingo:

do americano Alexander Calder inaugurada em 1974. De aço pintado numa cor vermelho-vivo e fica localizado na Federal Plaza.

Mural 4 estações:

de Marc Chagall. Um imenso painel que usa pedras com mais de 250 cores para representar as quatro estações do ano, com diferentes cenas de Chicago.

Arquitetura

A arquitetura da cidade é um show a parte e passeando pela Adams Street, a famosa rua que marca o início da Rota 66 que liga Chicago a Los Angeles, você encontra os prédios mais famosos.  Tem o lindo Rookery Building (209 S La Salle St) e no famoso “beco” da La Salle Street, fica o Federal Reserve Bank (230 S La Salle St) e o Chicago Board of Trade (141 W Jackson Blvd). E só a rua já é bem famosa dos filmes como Batman BeginsTransformers e Untouchables.



Grant Park

Foi exatamente onde aconteceu o Festival Loolapaolloza e como eu fui em dois dias tive a oportunidade de conhecer esse enorme parque. Quero voltar pra ver ele sem as estruturas do festival, mas é lindo anyway.
A grande atração dele é a Buckingham Fountain inspirada nos Jardins do Palácio de Versalhes, em Paris, representa o próprio lago Michigan, cercado por 4 estados simbolizados por cavalos e o chafariz principal pode lançar até 30 metros de altura. À noite fica iluminda e a cada hora tem um show de cores e luzes.

Teatro Chicago

Não é aqui que acontece os maiores espetáculos de Chicago, mas com certeza é o teatro mais rico de história. Inaugurado em 1921 foi chamado “The Wonder Theatre of the World”. Com estilo barroco francês ,exibia lindos filmes e até os anos 50 o preço do ingresso mais caro era US$0,50 (bons tempos hein) Daí eles tentaram se modernizar o que afastou o público na verdade e acabaram fechando em 1985. Reabriu logo no ano seguinte em com um show icônico de Frank Sinatra e até hoje recebe grandes nomes da música .

O publico pode fazer um tour e conhecer os bastidores das coxias e toda a história por trás dos espetáculos. Custa US$ 15 e é oferecido diariamente em três horários: 12h, 13h e 14h.

175 N State St
Site: http://www.thechicagotheatre.com
Horário: Consulte o site e veja a programação das apresentações.

Alladin

Quando tem show da Broadway eu tô sempre dentro !! Sabia que Alladin tinha estreado em NY mas não tive a oportunidade de assistir até me deparar com ele em Chicago. Vale muito a pena, é lindíssimo e super fiel ao filme…apenas o fato de não ter o macaquinho Abu que me frustou um pouco hehe. Mas o show é bem colorido, ótimas músicas e claro produção de parabéns !!! Ah e o Gênio é um show a parte. Veria de novo.

http://www.aladdinthemusical.com/

E ai o que estão achando das dicas de Chicago?
Já agendou a viagem?
Me contem seu próximo destino